• Facebook
  • Facebook

Av. Indianópolis, 1960 | Planalto Paulista | São Paulo - SP
Tel.: +55 (11) 5581-2045 / 5072-4150
WhatsApp (11) 99666-1455
Diretor Clínico: Dr. Raul Eid Nakano - CRM 46.514

Congelamento de Óvulos

Congelar Óvulos

Congelamento de Óvulos* é como é conhecida a técnica de preservação de óvulos por esfriamento (freezing) a uma baixíssima temperatura, também conhecido como Criopreservação de óvulos, comumente utilizado em técnicas de Reprodução Assistida.

  • Habitualmente utiliza-se Nitrogênio líquido a -196ºC.

O Congelamento de Óvulos pode se dividir em dois tipos:  Congelamento Lento e Vitrificação (Rápido)

O Congelamento de Óvulos Lento além mais trabalhoso, demorado, caro, computadorizado e complexo, tinha baixíssima taxa se sucesso.

A técnica de Vitrificação trouxe simplicidade, rapidez, menor custo e melhor resultado de gravidez viável.

Porém após testadas várias técnicas de Vitrificação de Óvulos, esta só se consolidou com a divulgação das técnicas de CryoTop (Kuwayama et al.) e da técnica de Vitri-Ingá (Almodin et al.) , tendo resultado clínicos de gravidez com sucesso próximos de um óvulo não vitrificado.

Nota: Quando se utiliza a técnica de Crio-Preservação por Vitrificação, não há formação de “GELO”, logo o termo populares “congelar óvulos” ou “congelamento de óvulos” em que está implícito a formação de “GELO”, seria inadequado. Logo são evitados o uso do Termo “ ConGELamento” ou “DesconGELamento” em textos científicos, passando a usar sempre que possível o Termo: Vitrificação e Desvitrificação.