• Facebook
  • Facebook

Av. Indianópolis, 1960 | Planalto Paulista | São Paulo - SP
Tel.: +55 (11) 5581-2045 / 5072-4150
WhatsApp (11) 99666-1455
Diretor Clínico: Dr. Raul Eid Nakano - CRM 46.514

Fertilização In Vitro – FIV

Fertilização in vitro

fertilização in vitro ou FIV é um método que foi desenvolvido para tratar casais cuja principal causa de infertilidade é uma lesão tubária, mas pode gerar bons resultados em casos de endometriose, distúrbios de esperma e infertilidade não explicada.

Estudos indicam que a expectativa de gravidez após um ciclo de tratamento varia entre 35% a 50 % até mais de 60% quando transferido em pacientes jovens.

Casos onde é indicado a Fertilização In Vitro:

  • Infertilidade por lesão tubária, mas que pode gerar bons resultados em casos de endometriose;
  • Distúrbio de esperma;
  • Infertilidade não explicada.
  • Método de Fertilicação In Vitro
  • Durante o procedimento da fertilização in vitro é feita a remoção de vários óvulos do ovário que são fertilizados, em laboratório, com o esperma do parceiro e transferência do embrião.

Índice de sucesso da Fertilização In Vitro

O tratamento da Fertilização In Vitro vem sendo efetivo em 35% a 50% mas pode chegar a 60% ou mais dependendo da idade da paciente e/ou qualidade embrionária.

Processo de fertilização in vitro completo


1º Passo | Indução de Ovulação

1º ao 6º dia – Tratamento medicamentoso para estimular o desenvolvimento de vários óvulos até o amuderecimento.Os hormônios são aplicados de 8 a 14 dias.Sua função é aumentar a produção de óvulos no mesmo ciclo menstrual ao invés de apenas um. Geralmente alguns óvulos não atingem uma qualidade esperada e por isso a fertilização in vitro requer vários óvulos para aumentar as chances de gravidez.



2º Passo | Monitoramento dos Óvulos

7º ao 13º dia – Controle ovulatório seriado – Esse processo o médico utiliza a ultra-sonografia ou exame de sangue para medir o crescimento dos folículos, individualizar as doses do medicamentos e determinar quando os óvulos estarão prontos para a retirada.



3º Passo | Aspiração dos Óvulos

14º dia – Coleta dos óvulos, geralmente sob anestesia local e sedação levando entre 10 e 20 minutosOrientação por ultrassonografia transvaginal;
Coleta através da vagina (32 a 36 horas após a última injeção de hormônio).



4º Passo | Coleta de Sêmen

14º dia – Amostra de esperma é colhida no momento da coleta dos óvulos.Realiza-se uma seleção dos espermatozóides, os mais ativos são separados e adicionados a um meio de cultivo junto com os óvulos na incubadora.



5º Passo | Fertilização na Incubadora

15º e 16º dia – Óvulos e espermatozóides estão juntos na incubadora.Os óvulos e espermatozóides preparados são mantidos juntos em cultura durante alguns dias, favorecendo a fertilização de maneira espontânea, o produto dessa união passasse a se chamar embrião.



6º Passo | Transferência do Embrião

17º dia – Geralmente de três a cinco dias após a fertilização.Transferência transvaginal de embriões no útero por um delgado cateter. Os embriões excedentes são geralmente congelados.

Ficou com alguma dúvida sobre reprodução in vitro? entre em contato, teremos enorme prazer em ajudá-la(o).